Exatas e Humanas. Técnica e Prática.

Um comentário recente de um colega em um de meus posts me chamou a atenção para escrever este artigo.

Há uma nítida diferença entre ser de “humanas” ou de “exatas”. Mas isto são preferências com base em nossos pensamentos e em nossas habilidades. Mas veja, preferir a área de humanas não nos faz necessariamente “humanos”. E preferir a área de exatas também não nos faz exatamente “não-humanos”. Então vamos ao dicionário: HUMANO: pessoa, homem, ser, indivíduo, ser, criatura, sujeito, ente, organismo.

Poderíamos entender então que a área de humanas é aquele que se ocupa com disciplinas e conceitos relacionados ao ser, ao homem, ao indivíduo. Mas será que se eu for um matemático, físico, químico, eletricista, engenheiro me faz menos “pre-ocupado” com as questões do indivíduo do que alguém da área de humanas (administração, economia, direito etc)? Pensar sobre isso, reduziria meu pensamento a um professor de matemática que se ocuparia em apenas transmitir conhecimento e não olhar para a individualidade de cada aluno.

Aqui chegamos ao ponto: O mundo sofreu muitas mudanças ao longo dos séculos, e eu poderia afirmar que estamos talvez vivendo o momento mais ‘humano’ que já vivemos até hoje. Tendo passado pela cientificidade e o mecanicismo? As exatas nunca nos abandonarão, precisamos delas, mas com a digitalização a que temos sido impostos atualmente, me resta dizer que SER HUMANO é o que fará toda a diferença na nossa sociedade.

Existem áres que se ocupam necessariamente a olhar mais profundamente o ser humano, como a minha área a psicologia e outras: sociologia, filosofia etc. Mas eu preciso aprender as técnicas de cada área para que eu possa colocar em prática.

Penso eu que se um profissional de exatas não focar no objetivo que ele tem com sua “técnica” e como ela será apresentada ao indivíduo, será em vão seu trabalho.

O que quero expressar aqui é que esta separação entre “você é de humanas” “eu sou de exatas” “você não entende minha lingua” “sua área trata com pessoas” não funciona!. Porque em todas as áreas ainda que não tratemos com pessoas (o que é quase impossível) diretamente, indiretamente, seu trabalho vai proporcionar um bem (produto ou serviço) a alguém no final. Em qualquer tipo de trabalho estamos sempre usando nossas competências de maneira conjunta: conhecimento técnico, habilidades aprendidas, e atitudes (força interior, comportamento etc.).

Por fim, uma pessoa de exatas, ainda que tenha dificuldades de lidar com “pessoas” estará sempre envolvido com elas. Um profissional de exatas dependerá sim, de usar de suas habilidades (experiência) e atitudes (querer fazer / comportamento) para atingir seus resultados. Não obstante, um profissional de humanas, como eu, uma psicóloga, precisarei demonstrar minhas qualificações técnicas para executar um bom trabalho.

Termino dizendo que aprendizado técnico é mais fácil do que quando falamos de atitudes, porque isso depende intrinsecamente do ser humano e das escolhas deste. Mas muito mesmo. Treinamento, sala de aula, registros, processos poderão fazer um profissional seguir padrões técnicos. No entanto, a atitude depende da decisão de um ser humano. E este inclusive, pode decidir por não seguir os conceitos técnicos. Ou seja, tudo está ligado ao “humano”, ao indivíduo. E não é possível separar as coisas. Porque eu sou um ser/ um indivíduo que aprendo e me relaciono com este mundo. Com base nas minhas escolhas e decido onde quero chegar e que legados eu quero deixar.

Quem está próximo de mim, sabe que eu uso muito esta frase: “Não terceirize decisões que são suas”. Aqui eu quero complementar, não culpe o mundo por suas escolhas, nem tome como base suas escolhas como expectativas para as escolhas do outro. Sintonia e equilíbrio são palavras fundamentais para os anos vindouros. Se você achar que o mundo está todo errado e você certo, haverá desequilíbrio.

E agora, terminando, baseada no meu último artigo, deixo uma reflexão: O olhar com humildade e sem julgamentos trará paz ao seu coração. Experimente.

Psicoterapeuta, Logoterapeuta, Apaixonada por indivíduos, Humana, Sorridente, Tornando cada dia melhor

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store